A Luz de Luz

A existência da luz de luz pode ser mostrada pela realização de fotografias AD com e sem a tampa na objectiva, sendo iguais as restantes condições (a máquina fotográfica, o momento, a velocidade e a posição da máquina fotográfica).

A figura 1 mostra duas fotografias AD tiradas à constelação da Ursa Maior à noite nas mesmas condições, excepto em que uma foi tirada sem a tampa na objectiva (figura 1.A) e a outra tirada com a tampa na objectiva da máquina fotográfica (figura 1.B).

A fotografia AD tirada com a tampa na objectiva apresenta cores e formas, facto que mostra a existência de um tipo de luz que é capaz de atravessar a matéria e de impressionar o filme fotográfico. Na fotografia AD tirada sem a tampa na objectiva, além de se observar a constelação, é possível ver cores e formas, as quais não foram perceptíveis ao olho humano durante o acto fotográfico, mas que são captadas por esta técnica fotográfica.

Fotografias AD

Fotografias AD tiradas à constelação Ursa Maior sem a tampa (A) e com a tampa (B) na objectiva da máquina fotográfica.

Fig1A. Fotografias AD tiradas à constelação Ursa Maior sem a tampa na objectiva da máquina fotográfica.

 

Fotografias AD tiradas à constelação Ursa Maior com a tampa  na objectiva da máquina fotográfica.

Fig1b. Fotografias AD tiradas à constelação Ursa Maior com a tampa na objectiva da máquina fotográfica.